Branded Content

Branded Content

O Branded content consiste na criação de conteúdo diretamente relacionado ao universo de uma marca, cujo principal objetivo é estar presente, informar e entreter o público, mostrando a sua relevância.

Por Beatriz Santos

No âmbito da Guest Session By LISPOLIS no Digitalks Now do dia 25 de maio, estivemos à conversa com Francisco Ascensão, CEO da Youzz, sobre o Branded content e a sua importância nas estratégias de marketing das empresas portuguesas.

Francisco começou esta conversa por nos explicar em que consiste o Marketing de Conteúdo e quais as principais diferenças comparativamente ao Brandend Content. Segundo este, o Marketing de Conteúdos “é muito mais abrangente”, sendo o seu objetivo criar conteúdo valioso e ajudar os potenciais e atuais clientes a resolverem os seus problemas. Ao contrário do Branded Content, o seu foco não é promover a marca e entreter o publico, mas sim atender às suas necessidades.

Na sua opinião, estas estratégias são complementares, uma vez que têm objetivos diferentes e timelines distintas. Devemos apostar no branded content se quisermos ter uma reação mais rápida e positiva por parte do público-alvo. Por outro lado, se o objetivo for contruir uma relação mais longa e de confiança com os consumidores, devemos apostar no marketing de conteúdos.

Posteriormente, Francisco falou-nos sobre o papel dos influenciadores no Branded Content. Na sua opinião, estes vieram mudar o paradigma, uma vez que “quando falamos em Branded Content, já não falamos só das marcas criarem conteúdos, mas também outras pessoas criarem conteúdos para elas, nomeadamente os influenciadores”.

De seguida, Francisco falou-nos sobre a principal vantagem do Branded Content que, na sua opinião, consiste no facto deste ser um conteúdo interessante, onde o publico pode escolher assistir. Desta forma, é possível contrariar a perspetiva atual do mundo dos anúncios, em que as pessoas estão prontas para clicar no “skip”. Assim, a marca ao não se intrometer na vida do consumidor, não é ignorada.

Para o sucesso desta estratégia, Francisco identificou 6 boas práticas que devem ser cumpridas de forma a garantir o seu sucesso, nomeadamente:

  • As marcas não devem ser intrusivas
  • A sua comunicação deve refletir a essência da marca e não ser comercial
  • A sua comunicação deve ser informativa e promover a reflexão
  • A sua comunicação deve ser divertida e garantir uma boa experiência
  • Os seus conteúdos devem ter uma produção de qualidade
  • Os seus conteúdos devem espelhar a personalidade e autenticidade da marca

Para concluir, pedimos a Francisco alguns conselhos para quem se queira iniciar no Branded Content. Assim, Francisco deu-nos 3 principais passos.

  • O primeiro passo é “perceber e esclarecer bem quais são os valores da marca” de forma a garantir que estes são bem comunicados.
  • O segundo passo, consiste em, através de Storytelling, criar uma boa narrativa, que prenda o cliente.
  • O último passo, já é bastante conhecido pelos marketers, e consiste na “criação de uma persona”. Desta forma as marcas conseguem entender com quem vão comunicar, melhorando assim a definição e aperfeiçoamento da estratégia.

Terminamos esta conversa com uma última consideração de Francisco, que nos disse que “o Branded Content é uma estratégia muito importante, especialmente para nos diferenciarmos do advertising. Os estudos dizem que pessoas retêm muito mais e criam muito mais ligação com as marcas depois de consumirem conteúdos de Branded Content”.

Pode ver e rever toda a conversa através do link abaixo: