Global Talent Day 2019

Global Talent Day

A constante evolução tecnológica e a crescente exigência dos mercados de trabalho tem vindo a encurtar o tempo de vida útil das competências que os profissionais adquirem inicialmente. Enquanto as empresas lutam por talento para preencher posições-chave, os trabalhadores questionam: será que me vou conseguir manter relevante na era da automação? Com esta pergunta em mente, o IIRH preparou este evento para permitir ao sector dos RH partilhar e analisar como ultrapassar os desafios atuais do desenvolvimento de talento nas organizações.

 

Este evento irá decorrer a 22 de outubro no Fórum Tecnológico e é composto por uma conferência plenária, diversos workshops, que irão decorrer em paralelo, pitchs e uma área de exposição com vários expositores e demonstrações de produtos.

 

O Global Talent Day contará ainda com a presença do keynote speaker, Luisão, Former Captain and Benfica Ambassador, e mais de 25 especialistas em recursos humanos, formação e desenvolvimento, que irão partilhar as suas experiências e best practices.

 

O evento conta com o patrocínio da BTS, Carla Rocha Communication Training, Cegoc, Gamelearn, IEFP, Puzzle – Marca de Créditos do Banco BNI Europa, SDO Consulting, Talentia Software, Thalento by SLOT.

 

As inscrições são gratuitas e obrigatórias. Faça já a sua aqui!

 

Confira o programa completo:

8:30 Recepção dos assistentes

 

09:00 Sessão de abertura

 

09:05  Como integrar o desafio da sustentabilidade e da responsabilidade social nas estratégias das organizações para atrair e reter colaboradores.
Nathalie Ballan – Founding partner & CEO –  Sair da Casca

 

09:40 Desafio 1 Formação e desenvolvimento fator determinante para a sua marca empregador e para o recrutamento. 

Quais e como utilizar a panóplia de benefícios existentes para atrair e reter os melhores? A formação e os benefícios são, sobretudo para as gerações mais jovens uma ferramenta indispensável para recrutar e fidelizar os melhores talentos.

(Mod.) Gonçalo Graça Santos – Head of Digital Platforms – Banco BNI Europa

João Morais Barbosa – Managing Partner – Reorganiza

Maria do Rosário Vilhena – Diretora de Recursos Humanos – Nestlé Portugal

Paulo Pisano – Diretor de Recursos Humanos – Galp

 

10:25 Desafio 2  Como ultrapassar o gap existente entre os skills actuais dos colaboradores e as necessidades do mercado?

Short shelf life os skills + tightening labor market = many skills gap. Esta é a grande equação do Workplace Learning Report divulgado pelo Linkedin.

(Mod.) Ângelo Valente – Senior Manager of Communications and External Affairs – Blip

Ben Greeven – CEO/Founder – Thalento®

José Reis Rocha – Country HR Manager – PSA Group

Alexandra Sequeira de Carvalho – Diretora RH – Sport TV

 

11:05 Pausa para café & networking

 

11:50 Competências para o futuro do trabalho

Paulo Feliciano – Vice-presidente do Conselho Diretivo – IEFP

 

12:15 Unconscious Bias

Estará o enviesamento inconsciente a limitar a identificação e o desenvolvimento de talento?

Braz Pereira – General Manager – FranklinCovey Portugal

 

12:40 Desafio 3O digital está a transformar de forma radical o desenvolvimento do talento. Porquê?

A dependência das soluções de aprendizagem online é cada vez mais incontornável pois 68% dos colaboradores dizem preferir aprender em contexto de trabalho, 58% querem fazê-lo a seu ritmo e 49% dizem preferir a formação apenas quando for necessária. Como garantir que esta aprendizagem é eficaz?

(Mod.) Teresa Barreiros – Diretora de Recursos Humanos – REN

Maria João Escrevente – HR Director – Unitel

João Pedro Machado – Diretor de Transformação – Fidelidade

Bárbara Moniz – Administrative & Human Resources Director – Addo Pharm

 

13:20 Pausa para almoço & networking

 

14:20 The power of imperfection
Como é que as organizações podem incorporar no seu modelo competitivo uma força de trabalho que é por definição imperfeita? Como fazer das fraquezas forças? Será a diversidade cognitiva a resposta para este aparente paradoxo? Como fazer isto em empresas de serviços mas também na indústria? E noutros setores?

(Mod.) Ricardo Costa – Managing Director – SDO Consulting

José Luís Carvalho – Diretor RH – José de Mello Saúde

 

14:55 A gamificação na formação: o caso prático da TAP

Ana Assunção – Diretora Corporate University – TAP

Vera Dias – Business Development Manager – Gamelearn

 

15:20 Desafio 4 A prioridade é a formação em soft skills. Porquê? E que soft skills privilegiar?
Liderança, comunicação e colaboração são as competências prioritárias? E como se ensina a colaboração que nos diferencia dos robots?

(Mod.) Daniela Vieira – Diretora de operações – BTS

Carla Gomes – HR Senior Manager – Bosch Car Multimedia Portugal

Ana Patrícia Correia –  HR Manager – Klöckner Pentaplast

Ana Marcelino – HR Learning and Development Specialist – Whitestar Asset Solutions 

 

16:00 Pausa para café e networking

 

16:20 Desafio 5 A que formação ou a que programas devem ser submetidos os colaboradores?

94% dos colaboradores diz preferir ficar mais tempo numa empresa se esta investir na sua formação. O primeiro desafio de quem desenvolve talento e encontrar tempo para a aprendizagem. Assim sendo, que tipo de formação preparar? Em que formato? Para quem? Como? Em que circunstâncias?

(Mod.) João Carvalho – CEO – Gfoundry

Luísa Dornellas – Diretora do Departamento de Desenvolvimento e Formação – Câmara Municipal de Lisboa

Nuno Ribeiro Ferreira – Diretor RH – Efacec

Teresa Lopes Gândara – Diretora de Human Capital – Noesis

 

17:00 Sessão de encerramento com o keynote speaker

MAIS DO QUE VENCER

Luisão – Former Captain and Benfica Ambassador

17:50 Encerramento do Global Talent Day

1 thought on “Global Talent Day”

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.